quarta-feira, 26 de abril de 2017

William Bonner usa Gol GTS para sair com namorada

Casal esteve com o veículo em um restaurante na Serra Fluminense.

Parece que até que a vida das pessoas dessa coluna é tomar conta da vida dos outros. E é. E nada como ter fãs da coluna até na Serra Fluminense. Esse carro vermelho foi usado por Wiliam Bonner e Natasha Dantas, sua namorada, para ir ao restaurante Maria Maria, no Centro de Itaipava, no ultimo sábado, 22. Wiliam nem usou os serviços do restaurante. É um Gol GTS, considerado hoje em dia um grande clássico! O automóvel marcou uma geração e o preço tem aumentado muito. Um bem conservado (como esse do jornalista) é cada vez mais difícil de achar e não está valendo pouco não!

Foto do carro de William Bonner - Foto: O Dia

fonte
por Léo Dias
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

A fila andou: Marcos Harter tem affair com advogada que já foi miss

Bruna Citadella é natural de Sorriso, no Mato Grosso.

Bruna Citadella está sendo apontada como novo affair do ex-BBB Marcos Harter. Assim como ele, a moça é natural de Sorriso, no Mato Grosso. Bruna, aliás, foi eleita Miss Sorriso em 2013/2014. A moça é bacharel em Direito e os dois foram fotografados juntos numa festa entre amigos no fim de semana. O clique de Bruna e Marcos lavando louça também foi parar na internet. No Instagram de Bruna, muitas pessoas já felicitam o ‘novo casal’. Em tempo: Bruna, que é linda, diz que nunca fez uma plástica na vida e diz que já sofreu bullying na adolescência por ser gordinha.

Bruna Citadella e Marcos Harter - Foto: Reprodução

fonte
por Léo Dias
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Pronto, falei! Bárbara Borges foi vista de madrugada no carro de Guga Coelho

Confira aqui os principais destaques do mundo dos famosos.

Bárbara Borges foi vista dentro do carro do ator Guga Coelho, na rua Olegário Maciel, na madrugada da última sexta-feira, 21. Os dois ficaram uns 40 minutos a sós dentro do carro. Mistééério.

Pelo visto, Jonas Sulzbach é do time que preza pela qualidade e não a quantidade — mesmo tendo mais de 1 milhão e meio de seguidores no Instagram. Dias atrás, o modelo, que é ex-BBB12 e um dos precursores do Mahamudra, grupo de treino que veio de Los Angeles para o Brasil, deu um chega pra lá em um seguidor que implicou com post de um restaurante japonês publicado em seu perfil. “Você usa o Insta só pra fazer propaganda, Jonas? Chato isso! Parei de seguir”. Ao invés de correr para resgatar a ovelha desgarrada do rebanho, ele mandou na lata: “Já vai tarde”.

Pelo visto, uma cantora conhecida nacionalmente está precisando dar um ‘F5’ na vida e na casa em que mora, em São Paulo. Só isso explica a mensagem que anda enviando para ‘amigos’ para conseguir beliche, sofá, cama, mesa e outros itens. Ah, mas não é só: a lista também conta com um carro! Embora não tenha especificado o modelo e a cor, é isso mesmo que você leu... Ela quer um automóvel! “Tô querendo todas essas coisas que os artistas ganham”, diz a moça em um dos trechos do áudio. Tá?

Após adotar o método PronoKal — o mesmo que fez Luciano Di Camargo enxugar 37 kg nos últimos dois anos —, a atriz e humorista Nany People vem surpreendendo a própria balança e, semana passada, não foi diferente. People, que está em cartaz com o espetáculo ‘De Boca Cheia’, no Teatro Augusta, em São Paulo, já eliminou 16 kg.

Bárbara Borges e Guga Coelho - Reprodução Internet

fonte
por Léo Dias
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Em rede social, Buchecha rebate filha de Claudinho após jovem citar descaso

Cantor publicou texto em seu Facebook neste sábado após Andressa Alves ir a público acusar o músico de abandono

Rio - O cantor Buchecha publicou neste sábado em sua página no Facebook um desabafo após a filha de seu ex-parceiro Claudinho, morto em 2002, ir a público dizer que a dupla de seu pai nunca mais o procurou após seu aniversário de 15 anos.

“Não queria me pronunciar sobre este assunto, mas tem hora que é preciso dar algum parecer. Estou sendo publicamente citado pela filha do meu mano Claudinho em programas de TV e em midias impressa,dizendo que não a procuro, que ela ‘tenta contato comigo e eu não respondo’. Vamos lá! Diga-me Andressa quando você me procurou e como? Diga-me quando foi sua última tentativa? Sejamos sinceros, vocês nunca quiseram contato comigo e todas as vezes que tive esse privilégio fui eu quem busquei, fui eu quem supliquei por ter tua atenção”. comentou o funkeiro

Buchecha continuou: “Depois que seu pai faleceu tentei fazer o papel não de ‘padrinho’ porque pra mim tu sempre fostes minha sobrinha, filha de um irmão! Até a sua festa de 15 anos eu tive que me reunir várias vezes pra te convencer que era muito importante proporcionar este momento, pois eu sabia que teu pai autografara diversos CDs da dupla para te entregar só quando você fizesse 15 anos de idade. Enfim, estou sempre tentando, sim, falar com você, só que penso que quando um nao quer, dois não se relacionam."

Ao fim, Buchecha pediu para que seus fãs não hostilizem Andressa, que há pouco tempo se lançou na carreira de cantora: “Peço que a amem, ajudem-na a seguir a carreira, o seu caminho. E, se possível não esqueçam de mim também. Pois também faço questão de agradecer a cada um de vocês que me deram a chance de seguir a minha carreira solo. É tão difícil seguir sozinho, mas com a ajuda de DEUS e de vocês tanto eu quanto ela podemos sim fazer uma história diferente daqui por diante. Andressa estou à sua disposição,o que você quer de mim?”

fonte
imagem
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

domingo, 23 de abril de 2017

“Graças a Deus, não houve nada grave”, diz Luan Santana

Estrutura do palco do cantor desabou em Catanduva. 30 pessoas ficaram feridas

Luan Santana atrasou seu show por uma hora até que as vítimas fossem resgatadas e o Corpo de Bombeiros desse sinal verde para a performance do cantor (Site Oficial/Divulgação)


O cantor sertanejo Luan Santana, através de sua assessoria, se manifestou sobre o acidente ocorrido na madrugada de hoje na cidade de Catanduva, estado de São Paulo. Pouco antes do início de sua apresentação, uma estrutura do palco desabou deixando 30 pessoas feridas. “A produção local e a minha equipe tiraram todos do espaço em tempo. Graças a Deus, não houve nada grave com ninguém”, declarou. Santana afirmou ainda que a equipe dele está à disposição para maiores esclarecimentos.

Santana estava atendendo a fãs quando uma estrutura localizada do lado direito do palco caiu, pouco depois da queima dos fogos de artifício, que anunciaram o fim do rodeio. De repente, membros de sua equipe mandaram evacuar o local porque houve um problema no palco. O cantor foi levado para um van perto do local, mas voltou para ver se não havia acontecido nada de grave com os fãs. Embora ninguém tivesse sofrido ferimentos graves, uma fã quebrou a perna e outra teve um deslocamento da rótula. O show sofreu um atraso de uma hora e só foi realizado porque o Corpo de Bombeiros local deu sinal verde para a sua realização. Uma perícia está sendo realizada na arena para apurar as causas da estrutura ter cedido.

fonte
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Marcos publica (longa) carta aberta para Emilly em rede social

Marcos, do BBB, expulso depois de comportamento agressivo com a namorada, Emilly (Divulgação/TV Globo)

O médico Marcos Harter publicou neste sábado um “textão” no Facebook com uma única destinatária: a vencedora da edição 17 do Big Brother Brasil , Emilly Araújo. No depoimento – que mais parece uma carta aberta de “término” –, Marcos fala sobre “contar a verdade” sobre o recente caso de agressão que motivou sua expulsão do programa.

“O Brasil, farto de mentiras em várias esferas, merece saber a verdade, pois, mesmo que doa a curto prazo, será sempre o melhor caminho a longo prazo. Esta é uma carta que eu começo chorando e talvez, ao final, muita gente faça o mesmo”, diz o médico na publicação.

No texto, ele relembra diversos momentos que viveu com Emilly dentro do reality – e inclusive menciona casos que não vieram a público. “No dia de minha eliminação, ao sair do confessionário pela última vez, você veio até mim na cozinha e me encontrou lavando a louça. Vestia o roupão laranja e arrumava o microfone no braço direito, pois o tinha retirado para ser examinada pelo médico da produção. Sei porque você não conseguiu falar comigo e saiu chorando para fora da casa dizendo: ‘Meu Deus… O que eu fiz…’. O meu desejo de ver você campeã era tão grande que neguei o chute que você me deu na volta da piscina após a brincadeira de esconde-esconde e também o fato de você ter jogado a boia da trident propositalmente em meu rosto, dentro da piscina, no entardecer do dia 5/4. Ou você acha que também não me foi oferecido dar queixa de você?”, conta.

Ele também volta a falar sobre a mãe de Emilly, que faleceu um mês antes da entrada da sister na casa. “Tem outra pessoa, pela qual você tanto chorou durante o programa, que viu tudo que você fez lá do céu, e para essa eu creio que você também deveria pedir perdão”. Após a divulgação da carta, o casal virou um dos assuntos mais comentados do Twitter.

O conturbado relacionamento dos dois terminou com Marcos sendo indiciado por agressão após, durante uma briga, encurralar a estudante, colocar o dedo em seu rosto e apertar-lhe o cotovelo e o pulso.

Confira o longo relato de Marcos em sua rede social:



fonte
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Morre Jerry Adriani

Cantor paulistano sofria de câncer. Era um dos mais versáteis da geração roqueira que tomou de assalto o Brasil na década de 60

Jerry Adriani: nascido no rock, ele era um intérprete que ia do tango ao jazz (Veja Rio/VEJA)

O cantor Jerry Adriani, de 70 anos, morreu na tarde de hoje no hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Adriani, cujo nome verdadeiro era Jair Alves de Souza, estava se tratando de um câncer. Ele tinha 70 anos.

Nascido no bairro paulistano do Brás, Jair Alves de Souza começou a carreira como vocalista do grupo Os Rebeldes. Ele se tornou Jerry Adriani porque tinha a ideia de que para cantar rock era necessário ter um nome americano (Jerry) e era fã do ídolo italiano Adriano Celentano. Adriani apresentou programas dedicados ao rock na antiga TV Tupi, em São Paulo, e comandou – ao lado de Betty Faria e Neyde aparecida, entre outros – A Grande Parada, dedicada aos grandes nomes da música brasileira.

A princípio, Adriani cantava em italiano. Lançou dois discos na língua de Dante Aligheri até se render definitivamente ao rock nacional. Um Grande Amor, de 1965, foi seu primeiro álbum cantado em português. No auge da fama, em viagem à Bahia, ele foi acompanhado por uma banda de rock local chamada Raulzito e seus Panteras. Ficou tão impressionado com a sonoridade dos roqueiros soteropolitanos que os indicou para as gravadoras do Sudeste. O líder da banda, o Raulzito, era nada menos que o cantor e compositor Raul Seixas. Ele, aliás, foi responsável por um dos maiores grandes sucessos de Jerry Adriani, a balada Doce Doce Amor.

Embora fosse identificado com o movimento da jovem guarda, Adriani sempre foi um cantor eclético. A sua discografia é composta por álbuns ecléticos, no qual interpretou autores de soul music (Gioconda, do baiano Hyldon, de seu disco de 1970; e muitas canções de Robson Jorge, que fizeram parte do álbum de 1977), clássicos do repertório de Elvis Presley e Renato Russo. O mais recente disco de Adriani, o CD e DVD Outro, era composto por composições de Arnaldo Antunes, tango e até standards de jazz. Adriani, inclusive, participou do programa VEJA Música para falar sobre seu álbum e os momentos mais importantes de sua carreira.



fonte
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.